Como a virtualização de desktops beneficia pequenas e médias empresas

Como a virtualização de desktops beneficia PMEs

Em vez de investir em equipamentos próprios e equipe de TI especializada, pequenas e médias empresas descobrem como é fácil virtualizar seus servidores e desktops. Uma solução rápida e de baixo custo, que gera retorno financeiro no curto prazo.

Redução de custos com compra e manutenção de hardware, acesso remoto e seguro aos dados e programas da empresa, aumento de produtividade e simplificação da administração e gerenciamento de TI são alguns dos benefícios bastante conhecidos da virtualização de desktops – ou VDI, sigla para o termo inglês Virtual Desktop Infrastructure (leia um post com conceitos simples sobre o que é VDI aqui).

Se antes a implementação de tecnologias de VDI era uma conquista de grandes empresas, cada vez mais pequenas e médias empresas (PMEs) também percebem os benefícios de gerenciar dados e programas na nuvem. É tão fácil quanto checar um e-mail, podendo ser acessado em qualquer dispositivo, a qualquer hora e de qualquer lugar. E, acima de tudo, aproveitam que tais soluções já têm custos mais compatíveis com a realidade de PMEs.

Além de oferecer uma implementação rápida, a Elleven trabalha como parceira única, gerenciando todas as etapas da virtualização: manutenção, infraestrutura, servidores, licenciamento, storage e serviços de data center. Assim, PMEs conseguem reduzir custos com hardwares que rapidamente ficam obsoletos e com equipes direcionadas para resolver problemas técnicos, e investir capital em outras áreas que representem oportunidades de crescimento para a empresa.

Conheça alguns dos benefícios que nossa tecnologia de VDI traz para pequenas e médias empresas:

Economia significativa com solução brasileira

Em agosto de 2017, o governo brasileiro aumentou para 40% os impostos sobre softwares estrangeiros hospedados na nuvem. Para efeito de comparação, os impostos cobrados anteriormente variavam entre 2 e 5%. Com um aumento tão expressivo, os players internacionais precisaram repassar os novos custos aos clientes, dificultando ainda mais a contratação de VDIs por pequenas e médias empresas.

Se nossa tecnologia 100% nacional já oferecia custos 50% menores do que os concorrentes, agora a vantagem competitiva ficou ainda maior. Outro benefício ao contratar uma solução brasileira é a precificação em real, em contrapartida à dependência do câmbio do dólar e das taxas de transações internacionais cobradas pelas operadoras de cartão de crédito. E, por termos um time de desenvolvimento dedicado, podemos entregar um produto personalizado, que atenda as necessidades e particularidades de cada empresa.

Servidores Elleven: Essa economia de custos somada à cobrança em real também se destaca na contratação dos nossos servidores, que atendem a demanda de PMEs com produtos equivalentes às grandes empresas de computação em nuvem, como Amazon, incluindo SPLA licenciamento Microsoft (SPLA). Nosso pilar continua sendo as soluções de virtualização de desktops, mas também oferecemos outros produtos, como contratação de servidores, disaster recovery e ferramenta corporativa de Unified Communication.

Como a virtualização de desktops beneficia pequenas e médias empresas

Infraestrutura e processos com time de TI capacitado

Grande parte das PMEs tem um time de TI pequeno – ou contrata os serviços quando alguma demanda aparece. É por isso que a contratação de um parceiro único para virtualização de desktops vai além do benefício de reduzir custos com hardwares e também traz a expertise de uma equipe de TI com suporte 24 horas por dia. A virtualização de desktops padroniza todos os computadores, estabelecendo os mesmos requisitos de segurança, compliance e auditoria para todos os usuários.

Modelo OPEX para evitar descapitalização

A virtualização de desktops e servidores se encaixa na categoria OPEX, termo que vem do inglês Operational Expenditure. Na prática, isso engloba as despesas operacionais feitas para manter ou melhorar os bens-materiais da empresa. Já o contrário seria o CAPEX, do inglês Capital Expenditure, ligado à despesa dos bens materiais em si. Um exemplo de OPEX são os serviços de streaming, como Netflix e Spotify. O acesso ao conteúdo é garantido enquanto o usuário pagar a mensalidade.

Uma estratégia adotada por diversas empresas, principalmente de pequeno e médio porte, é migrar gastos CAPEX para OPEX. Como exemplo, podemos considerar o aluguel de um equipamento, em vez de sua compra. Esse mesmo pensamento vale para a virtualização de desktops. Uma vez que todos os computadores estão na nuvem e contratados de acordo com a demanda da empresa, a empresa deixa de ter máquinas ociosas, engessadas ou obsoletas.

Assim, você direciona o dinheiro que seria investido em máquinas e manutenção para a contratação de um serviço. E, se a operação da empresa crescer, basta adequar a disponibilidade do servidor e rapidamente novas máquinas virtuais ficam disponíveis, com todas as configurações e softwares à disposição. Se um usuário precisar de mais memória RAM ou placa de vídeo, é só liberar no sistema. Por outro lado, em caso de demissões, o caminho é inverso e igualmente simples.

Economia de espaço físico com acesso remoto

Essa flexibilidade na gestão das máquinas virtuais também facilita a gestão do espaço físico. Como os computadores ficam na nuvem e são acessados por meio de login e senha de cada usuário, a tecnologia possibilita a implementação de BYOD (do inglês, Bring Your Own Device), de estações de trabalho mais livres e flexíveis e inclusive da adoção de home office, mesmo que em dias alternados ou apenas para parte da equipe. O resultado são sedes e estruturas físicas mais compactas, evitando desperdícios.

Como a virtualização de desktops beneficia pequenas e médias empresas

Segurança de dados

Ao contrário do que muitos gestores imaginam, VDIs são muito mais seguras do que computadores comuns. Todo o ambiente virtual tem comunicação criptografada e proteção contra cópia e vazamento de dados. Além disso, existe a segurança do próprio equipamento. Em caso de perda ou furto, as informações estão seguras na nuvem, acessíveis apenas via login e senha.

E uma última dica

Todos os benefícios de adotar VDI podem ficar ainda maiores quando a empresa opta pelo thin client Elleven Box, um minicomputador potente e de baixo custo capaz de acessar a máquina virtual e realizar as mesmas tarefas de um desktop. Nesse caso, a manutenção fica ainda mais fácil: é só substituir. E esse pequeno equipamento ainda reduz em 96% o custo com energia elétrica.

No Comments

Post A Comment