Home based

8 empresas que apostam em trabalho home based

Tendência mundial permite que funcionários trabalhem de casa e ajuda a reduzir custos, além de aumentar satisfação e produtividade

Em junho deste ano, a Automattic, dona da plataforma de blogs WordPress, anunciou que vai fechar o escritório em São Francisco, na Califórnia. O espaço, um galpão de quase 1.400 metros quadrados reformado especialmente para a companhia, funcionava há sete anos. Mas a Automattic não faliu, pelo contrário. Com 550 funcionários, tem valor de mercado estimado em US$ 1 bilhão. Por que, então, o escritório fechou? Porque seus funcionários podem (e preferem) trabalhar em casa.

A Automattic é só um dos exemplos mais recentes de uma tendência que tem se espalhado mundo afora: a de trabalhar em sistemas home office. Segundo uma pesquisa da Global Workplace Analytics, o número de trabalhadores home based cresceu 103% entre 2005 e 2014. De acordo com estatísticas do Ministério do Trabalho dos Estados Unidos, 24% dos americanos fizeram todo o trabalho de casa em 2015 – em 2003, o percentual foi de 19%. A mesma pesquisa da Global Workplace Analytics mostrou que esse modelo de trabalho aumenta a retenção de pessoas qualificadas: 36% dos entrevistados afirmaram preferir trabalhar em home office do que receber um aumento, e 37% dos profissionais do setor de tecnologia aceitariam receber 10% a menos se pudessem trabalhar de casa.

12135252_164042031954737

A tecnologia de virtualização de desktop (Virtual Desktop Infrastructure, ou VDI, na sigla em inglês) possibilita que qualquer computador, tablet, notebook ou smartphone acesse dados que estejam em nuvem. Com VDI, os usuários acessam o sistema operacional e os programas que estão em um servidor a distância. Assim, o profissional pode estar em casa, no aeroporto ou em qualquer lugar que tenha internet e ter acesso a tudo o que estaria em um escritório.

Veja outras 7 empresas de tecnologia que adotam sistema de trabalho home based:

Gol Linhas Aéreas

A companhia aérea é pioneira no Brasil ao permitir trabalho remoto no atendimento ao consumidor desde 2008. As pesquisas de clima mostram que o modelo funciona: os colaboradores que trabalham de casa estão entre os mais satisfeitos de toda a companhia. Além de aumentar a qualidade de vida dos colaboradores, foram reduzidos cerca de 25% do investimento em infraestrutura de trabalho.

 

Philips

A disponibilidade de soluções como a virtualização de desktop permite que a Philips mantenha um conceito inovador de trabalho em seus escritórios. Segundo Renato Barreiros, diretor de recursos humanos da empresa, apenas 15% dos funcionários têm local fixo no escritório, devido à natureza de sua atividade. Cerca de 150 funcionários são totalmente móveis e passam a maior parte do tempo fora do escritório.

 

Ticket

Há 17 anos, o sistema home based integral é oficial na empresa. Para isso, a companhia ajuda a montar a mesa do funcionário em casa e até mesmo o custo de energia é reembolsado por cálculos previamente definidos. Os resultados, segundo Eduardo Távora, diretor regional de vendas para Norte e Nordeste, são uma economia de R$ 3,5 milhões por mês com 150 pessoas em regime remoto, e um aumento nas receitas de vendas de 40%.

 

Amazon

A gigante americana de e-commerce anunciou em abril de 2017 que pretende criar mais de cinco mil vagas home based para o ano seguinte, abertas para candidatos do mundo inteiro. Segundo dados da FlexJobs, a Amazon é a terceira empresa que mais oferece vagas para trabalho remoto nos EUA.

 

American Express

Segundo a descrição da própria empresa, “na American Express valoriza-se o equilíbrio entre trabalho e vida e reconhece-se a necessidade de flexibilizar o modo de trabalho, particularmente permitindo o trabalho remoto e às vezes em meio período.” Em seu site, a empresa publica vagas específicas para trabalho home based.

 

Wells Fargo

Fundado em 1852, o Wells Fargo é um dos maiores bancos americanos. Na lista da FlexJobs, ficou na 31ª posição entre as empresas que mais contratam funcionários para trabalhar remotamente. Recentemente, o banco contratou funcionários home based para as áreas de contabilidade e finanças.

 

TOTVS

Em 2014, a empresa adotou o home office e, no ano seguinte, contava com a adesão de 100 funcionários. Uma curiosidade é a frequência do trabalho home based: para que os profissionais não se distanciem da cultura da organização, eles alternam 30 dias de trabalho remoto e 30 no escritório.

 

Converse com especialista

No Comments

Post A Comment